Passage e Galeria parisiense

Share

Uma das coisas que chamam a atenção dos turistas em Paris são as passagens cobertas e galerias, que fazem parte da riqueza do patrimônio da cidade. Uma das mais lindas é a Galerie Vivienne.

Na metade do século XIX a moda do oriente trazida por Napoléon Bonaparte de sua viagem ao Egito, conduz promotores imobiliários a imaginar como o modelo de souks árabes, as primeiras passagens galerias comerciais cobertas. Rapidamente estas “ruas” ao abrigo de chuvas, com aquecimento e iluminação a gaz conheceram um franco sucesso. Hoje existem mais de 150 em toda Paris.

Construída em 1823 pelo arquiteto F.J. Dellannoy, a galeria Vivienne que no início era Galerie Marchoux, conservou muito bem toda sua decoração. Mais chique que a “Passage Choiseul“, menos frequentada que a “Passage des Panoramas” e menos exótica que a “Passage Brady“, a galeria Vivienne mostra bem o ambiente e clima das mulheres que a frequentavam  nesta época, sofisticado e burguês.

Quando estamos dentro da galeria temos a impressão de estarmos na Belle Époque, por sua luxuosa decoração no estilo neo-clássico, seu piso de mosaicos floridos e seus desenhos em alto relevo no teto e, também, por seu comércio, alguns estão ali desde o início, como a Librairie Jousseaume fundada em 1826 que tinha como clientes Colette e Aragon, a prestigiosa Cave Legrand, que ocupa o mesmo endereço desde 1880 e a “épicerie fine” Legrand que existe desde a construção da galeria. Alguns endereços de compras como a marca Alexis Mabille, que é um novo designer francês que está despontando, o Secrets d’Intérieur para fragrâncias de casa, velas e outros objetos de decoração e, para crianças, a loja de brinquedos retrô Si tu veux.

Um dos salões de chá mais conhecidos de Paris é o A Priori Thé, perfeito para uma saladinha, quiche ou chá da tarde. Para sentir o verdadeiro ambiente de bistrô parisiense ou tomar uma taça de vinho, vá ao restaurant Vivienne.

Um dos ótimos endereços da cidade luz.

Galerie Vivienne
6 Rue Vivienne e 4, Rue de Petits Champs – 75002 Paris.