Os charmosos bairros de Paris

Share

Paris é uma cidade onde cada bairro parece um village, que são numerados de 1 a 20 (arrondissement), cada bairro tem sua peculiaridade que reflete bem a população que habita.

1° – Da Place Vendôme à I’ile de la Cité o 1er arrondissement de Paris é o bairro dos grandes reis da França. O Palais Royal,  jardim de Tuileries,  Louvre,  Palais de la Cité, foi onde habitou durante séculos o poder royal , fazendo do bairro o mais suntuoso da cidade.

2° – Organizado em torno da antiga Bourse de Paris, o 2eme arrondissement aumentou durante o século XIX é onde se encontra uma das cinco places rouyales de Paris, a Place des Victoires. Bairro burgues, onde se instalaram vários bancos e onde encontra-se belas arquiteturas de todas as épocas, principalmente a Rue Reaumur, símbolo de inovação arquiterural do século XX.

3° – O 3eme arrondissement, que alguns chamam de Haut Marais, é um bairro super movimentado por causa do seu comércio de boutiques de marcas francesas, se tornou hype nos últimos anos. Galerias de arte, o Beaubourg, museus, ruas antigas e históricas.

4° –  O 4eme arrondissement abriga uma parte da I’Ile de la Cité, I’Ile de Saint-Louis, Hotel de Ville e o Centro George Pompidou, ele é antes de tudo caracterizado pelo Marais, um dos mais belos e antigos bairros da cidade.  Na região do Hotel de Ville depois dos anos 90 é onde se encontra os vários bares gays da cidade.

5° – O Quartier Latin é conhecido no mundo inteiro por seu valor cultural. O mais antigo bairro de Paris como a I’Ile de la Cité, onde se encontra vários vestígios da época Gallo-Romana, e a universidade da Sorbonne. Um bairro que respira a historia de Paris, com patrimonios de excepção, grandes museus e atmosfera estudante.

6° –  De Saint-Germain-des- Prés até o Jardim de Luxemburg, o bairro soube conservar sua atmosfera incomparável, entre burgues-boheme e luxo parisiense. Turistas e  intelectuais se misturam nos terraços dos cafés De Flore, e Deux Magots. Um dos preferidos dos brasileiros que visitam a cidade.

7° – A oeste de Saint-Germain-des-prés o 7eme arrondissement é um dos mais burgueses de Paris. Ao lado da Assemblée Nationale se encontra dezenas de suntuosos hoteis Particulier, transformados em embaixadas e ministérios. Um dos charmes do bairro é a Rue du Bac, com seu comércio e boutiques de prêt-à-porter, e a igreja da Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, muito frenquentada por brasileiros. Onde se encontra também a famosa Torre Eiffel e os Invalides.

8° – Do lado direito do Rio Seinne o 8eme arrondissement é o bairro do luxo e da moda, simbolizado pelo triangle d’or formado pelo Avenue Montaigne, Rue George V, e a avenida Champs Elysée que se prolonga até a Rue Royale e a Foubourg Saint-Honboré. Um dos endereços mais importantes do bairro é o Palais de L’Elysée onde mora o presidente da república.

9° –  Um lindo bairro de arquitetura neoclassica, que conservou muito bem seus ares de village, principalmente perto da Rue des Martyrs. De Montmartre a pigalle passando pela Opera Garnier, endereço predileto de vários artistas.

10° – E impossível falar do 10eme arrondissement sem citar o Canal Saint-Martin que é com certeza um endereço de prestígio. Construido no início do seculo XIX, o bairro oferece uma lago super agradável, menos turístico e mais íntimo que o Seine.

E também o bairro das duas Gares, de L’Est e Gare du Norde, ambiente popular ótimo para fazer a festa.

11° – Entre Bastille e Belleville o 11eme arrondissement tem sido depois de um tempo super hypado pela juventude da cidade. No coração de Paris conservou uma atmosfera popular bem parisiense.

12° – Renovado várias vezes durante algumas décadas, o 12eme arrondissement ficou um pouco deixado pra la pelos parisienses. Com varios espaços verdes como o Parc Floral, o Bois de Vincennes, Parc de Bercy…, o bairro merece um espaço especial na cidade por sua ótima qualidade de vida.

13° – Entre a piscina Joséphine Backer e a passarela Simone-de-Beauvoir, o 13eme arrondissement tem clima familiar. Dois endereços fazem o charme do bairro, o Butte-aux-cailles com seus inumeros cafes arty, e o Triangle de Choisy onde vive a maior parte da comunidade chinesa na cidade.

14° – O 14eme arrondissement, o Baron Haussmann renovou todo o bairro em 1860.  Onde encontramos varios cafés super animados e o Parc Montsouris um dos mais belos de Paris.

15° –  O maior bairro da cidade, o 15eme arrondissement e calmo e tranquilo, clima bem familiar, onde encontramos os lindos parques, Georges Brassens e André Citroen.

16° – Com  a reputação do bairro mais burgues de Paris, o 16eme arrondissement é considerado um dos bairros mais agradáveis da capital, com  arquitetura supreendente entre Art-Nouveau e Neoclassico.

17° – O 17eme arrondisement é um pouco como dizer” lunático”, composto por tres grandes bairros, todos diferentes um do outro, Ternes, Monceau símbolo da burguesia parsiense do século XIX, e o bairro les Batignolles, popular e animado.

18° – O 18eme arrondisement tem duas versões a de Montmartre um dos endereços mais lindos de Paris,  e uma parte mais popular nem tanto agradável.

19° – Antigo bairro industrial, o 19eme arrondissement passou por uma grande transformação durante estes últimos anos, simbolizado pelo Parc de La Villete e seus museus, novo polo cultural da cidade; e um lindo parque, o Buttes de Chaumont.

20° – Conhecido pelo Cemitério Père-Lachaise o 20eme arrondisement o bairro de Belleville e de Ménilmontant é conhecido pela mistura de culturas dentro de um espírito tipicamente parisiense.