Artigo escrito emmarço 2016

O artista chinês Xu Zhen na Fundação Louis Vuitton

O trabalho do artista Chinês Xu Zhen encarna plenamente a fusão criativa do novo cenário artístico da China e está exposto na Fundação Louis Vuitton, em Paris.
A França foi um dos primeiros países a expor trabalhos de artistas chineses – uma cena artística que se desenvolve a grandes passos e que se impôs a partir dos anos 2000.
A Fundação Louis Vuitton apresenta, até 2 de maio de 2016, uma coletiva de artistas chineses, onde se destaca o trabalho de Xu Zhen, que nasceu em Shangai, em 1977, e é considerado um grande artista da arte popular, como Koons ou Takashi Murakami. Artistas que assumem a fronteira entre a arte (criação artística única) e produtos (diversos assinados por eles) de consumo. Às vezes são muito criticados por isso.

Uma linda exposição. Fica a dica!

Este artigo e vários outros sobre Paris na minha coluna desta semana no site:

http://lulacerda.ig.com.br/categoria/variedades-direto-de-paris/

Tenis fashion

O tenis depois de algumas coleções, deixou as academias para frenquentar as ruas como acessório fashion indispensável ao guarda roupa feminino.

A cada semana de moda marcas internacionais apresentam novos modelos com detalhes e acabamentos diferenciados.

Na galeria fotos dos novos modelos  das marcas: Sophia Webster, Stella McCartney, Red Valentino, Phillip Plein, Marni, Zara, Sonia Rikyel e H&M

A nova loja Dior Perfumes em Paris

A Maison Dior escolheu a Rua Saint Honoré para inaugurar sua nova boutique, dedicada à linha de perfumes da coleção “PrivéChristian Dior.

As essências criadas pelo mestre perfumista da Dior, M. François Demachy, são realçadas por uma decoração contemporânea toda em laquê branca e preta.
Um verdadeiro delírio olfativo.

Dior Parfum
326, Rue Saint-Honoré – 75001 Paris

Este artigo e vários outros sobre Paris na minha coluna desta semana no site:

http://lulacerda.ig.com.br/categoria/variedades-direto-de-paris/

Festival de Cannes 2016

O festival de Cannes 2016 acontece de 11 a 22 de maio próximo, o diretor australiano George Miller será o presidente do Júri e o ator Laurent Lafitte mestre de cerimônia.

O cartaz desta 79° edição é uma linda cena do filme Mépris de Jean-Luc Godard.

 

 

Um novo diretor criativo chez Dior?

Os rumores tem sido cada mais mais fortes sobre a possível nomeação do estilista Jonathan Saunders ao cargo de  diretor criativo da maison Dior.

Se isto acontecer o estilista escocês será o sucessor de Raf Simons na direção criativa de uma das maiores maisons de luxo francesa.

Diplomado na Central Martins School, começou sua carreira chez Alexandre McQueen, passando em seguida chez Christian Lacroix,  Chez Pucci e Pheobe Philo. Em 2003 lançou sua propria marca, que se destacou desde o início pela modernidade das formas e as estampas.

Confirmado a nomeação: sua primeira coleção chez Dior vai ser apresentada na semana de moda parisiense de outubro.

 

 

O novo centro comercial Les Halles em Paris

Les Halles o  espaço onde foi o mercado central de Paris, que ja havia passado por uma modificação, depois de 5 anos de reforma vai ficar maior, mais iluminado e bem mais bonito, com inauguração prevista para início de 2017.

Dia 5 de abril próximo eles inauguram em grande pompa a parte mais simbólica deste imenso projeto que é a “Canopée” o telhado de vidro de 6.000 metros,com a presença da prefeita de Paris Anne Hidalgo.

No novo centro comercial, entre outras serão inauguradas lojas como; a  Sephora com um  concept store inédito, a marca de brinquedos Lego, Nike com uma loja de 800m2, um supermercado Monoprix de 3.000m2,  uma biblioteca, um conservatório de musica Hip-Hop e o mais interessante; o restaurante “Champeaux” de Alain Ducasse, na saída da Rue Rambuteau, e o “ZA” de Philippe Amzalak projeto de Philippe Starck na saída da Rue Berger.

Sem falar no vasto Jardim com um novo paissagismo que faz parte do projeto, “Jardim Nelson Mandela”, que tem  uma parte que ja está  aberta ao público.

Na galeria de fotos, o Les Halles antigo e o futuro.

 

 

 

Fotos de moda em Paris

“Bubble” uma das mais lindas séries de fotos de moda realizada pelo fotógrafo Melvin Sokolsky para a Harper’s Bazaar em 1963, onde a modelo  Simone D’Aillencourt  visita os pontos turísticos de Paris dentro de uma bola transparente suspensa em um cabo (que não aparece nas fotos é claro). Esta série  ficou  famosa  não só pela beleza das imagens que marcaram uma época,  mas também pelo  nível da criatividade do fotógrafo que não tinha recursos como o  famoso Photoshop.

 

 

Expo JonOne em Paris

A Galeria Le Feuvre, em Paris, faz uma grande exposição e o lançamento de um livro com o trabalho do artista JonOne.
Filho espiritual de Basquiat e Pollock, JonOne, como eles, cresceu em Nova York, e grafitava o metrô da cidade no final dos anos 70. Depois de um tempo, decidiu se mudar para a França. Um dos mais talentosos da geração da história da arte de rua, JonOne soube, sem abandonar suas raízes, tornar-se um artista contemporâneo, orientando sua arte para a abstração.

Aliás, ele se define como um expressionista abstrato.

Até 23 de abril
Galerie Le Feuvre
164, Rue du Faubourg Saint-Honoré, 75008 Paris

Este artigo e vários outros na minha coluna desta semana no site:

http://lulacerda.ig.com.br/categoria/variedades-direto-de-paris/