As dez galerias mais famosas de Paris

As dez galerias (ditas “passages”) mais famosas de Paris são uma verdadeira viagem no tempo e uma ótima ideia de passeio para sua próxima viagem a Paris:

1- A galeria Colbert, construída em 1826, onde fica o Instituto National d’Histoire de l’Art e du Patrimoine. Seu nome vem do famoso Hotel Colbert, que fica ao lado da galeria.
Alerte Colbert
2, Rue Vivienne – 75002 – Paris

2- A Galerie Vivienne, uma das mais lindas da cidade, construída em 1823. Foi um sucesso enorme no segundo império. Seu esplêndido telhado de vidro (“verrière“) e seu solo em mosaico fizeram dessa passage a mais elegante de Paris, com lojas, restaurantes e livrarias bacanérrimos.
Galerie Vivienne
4, Rue des Petits Champs – 75002 – Paris

3- Passage Choiseul é considerada a mais longa, com seus 190 metros de comprimento. Comporta cafés e restaurantes.
Começa no 40 Rue des Petits – Champs e termina no 23 Rue Saint Augustin.
75002 – Paris

4- Passage du Grand-Cerf, uma linda galeria com pé-direito de 12 metros de altura com teto de vidro, que começa na Rue Saint Denis e termina em frente à Rue Marie Stuart. Possui várias boutiques supersimpáticas de artesãos e criadores parisienses.
Passage Grand Cerf
8, Passage Grand Cerf – 75002 – Paris

5- Passage Molière, uma passagem a céu aberto com pequenos restaurantes no bairro do Marais. Uma curiosidade: os números dos prédios da passagem não correspondem à ordem clássica dos números dos prédios parisienses.
Passage Molière
157, Rue Saint Martin – 75003 – Paris

6-Passage des Panoramas: entre a Rue Montmartre e a Saint Marc, fica a Passage des Panoramas, inscrita no patrimônio histórico da cidade desde 1974, cheia de restaurantes típicos parisienses e o famoso café Stern, decorado por Philippe Starck.
Passage des Panoramas
11, Boulevard Montmartre – 75002

7- A Passage des Princes, entre o Boulevard des Italiens e a Rue Richelieu, foi inaugurada em 1860. Batizada inicialmente de Passage Miras, ela foi destruída em 1985. Em função de uma operação imobiliária, foi reconstruída, idêntica. Abriga uma das lojas de brinquedos infantis preferida dos parisienses.
Passage des Princes
5, Boulevard des Italiens – 75002 – Paris

8- A Passage Verdeau fica entre a Rua La Grange-Bateliere e a Du Faubourg Montmartre, e é um prolongamento da Passage des Panoramas, onde estão instaladas lojinhas de colecionadores de livros e cartões-postais antigos.
Passage Verdeau
6, Rue de la Grange-Batelière – 75009 – Paris

9- Galerie Véro-Dodat, entre as Ruas Jean-Jacques Rousseau e Du Bouloi, com o solo em preto e branco, o que dá uma noção de profundidade superinteressante a esta galeria. Ela leva o nome da família que a construiu e acolheu a primeira loja do designer de sapatos Christian Louboutin.
Galerie Vero-Dodat
19, Rue Jean-Jacques Rousseau – 75001 – Paris

E, para terminar esta seleção de lindas galerias parisienses:

10- A Passage du Havre, antiga passage du Chantier de Tivli, abriga hoje um dos poucos centros comerciais modernos de Paris. Fica bem próxima de grandes lojas de departamento, como Lafayette e Printemps.
Passage Havre
69, Rue Caumartin – 75009 – Paris