Artigo escrito emfevereiro 2018

Museu do Louvre o monumento mais visitado em Paris

Share

O ano de 2017 foi um dos melhores anos dos últimos tempos para o turismo em Paris, mais de 49 milhões de turistas segundo Eric Jeunemaitre o novo presidente du comité Régional du Turisme.

E o Musée du Louvre foi o campeão de visitantes do mundo inteiro com 8,100 milhões de visitas, seguido do Chateau de Versailles, Torre Eiffel, Beaubourg e por último o musée D’Orsay.

Os países que mais frenquentam Paris, os americanos com 2,4 milhões de turistas, 1,9 milhões de ingleses  e 1,1 milhões de chineses.

Uma prova que o poder de sedução de Paris continua intacto, e que a cidade continua linda e romantica.

Bravo! Le Louvre!

 

 

 

The Harmonist a perfumaria luxuosa e feng-shui de Paris

Share

Uma experiencia única em termos de aromas  raros em Paris:

A boutique de perfumes exclusivos The Harmonist fundiu o poder dos aromas com princípios antigos para criar sua coleção de fragrâncias, com harmonia e bem-estar como base de orientação.

Usando um dos processos do Feng Shui com os elementos como agua, fogo, metal,madeira e terra para descobrir seu yin-yang, através de uma avaliação específica, caso o cliente deseje.

Os elixires do Harmonist são compostos com os ingredientes naturais mais raros e mais preciosos do mundo, aproveitando os mais puros níveis de energia para criar aromas de assinatura verdadeira.

Um respeito inato pelo meio ambiente inspirou o Harmonist a utilizar materiais recicláveis em todos os pontos de contato possíveis, desde suas garrafas de perfume e embalagens de luxo até suas velas de cera vegetais. Todas as garrafas do Harmonist são recarregáveis e cada uma é feita com um vidro opaco que protege a vitalidade de seus perfumes preciosos.

Ao liberar o fluxo final de energia para aumentar sua harmonia pessoal, a coleção do Harmonist sempre lhe proporcionará a serenidade da mente e do corpo que você procura.

Descubra o seu elemento e combine-o com qualquer um dos nossos elixires de perfume para desfrutar de uma experiência de vida excepcionalmente pessoal e gratificante.

Voce tem que conhecer estando em Paris,  é incrivel e os perfumes deliciosos.

The Harmonist

36, Avenue George V

75008 Paris – France

Um lindo jardim Chanel no Tuileries em Paris

Share

Depois de transformar o Grand Palais em um imenso jardim , a maison Chanel vai criar um jardim de 200 m2 para a 15° edição do projeto Jardins, Jardin que acontece no Jardin des Tuileries em Paris.

Para este projeto a maison Chanel contratou a dupla de paissagista Olivier Riols e Alexandre Rissier, que imaginaram uma replica dos campos de flores de Grasse berço da perfumaria Chanel onde fica a antiga residencia de  M. Dior, com rosas de maio, jasmin, geranimo rosa, iris de Florence.

Se voce estiver em Paris de 31 de maio a 05 de junho não deixe de visitar.

Imperdível!

 

 

 

 

O Club Garage em Paris, reabre suas portas

Share

Agora é oficial o famoso Club Garage em Paris considerado um dos melhores lugar para dançar na cidade,  reabre suas portas 01/03 para a alegria dos notívagos e amantes da boa música.

O endereço ficou famoso por suas festas super hypes com djs internacionais, pista lotada  de jovens bonitos solteiros que adoram festejar, e paquerar  a noite toda.

Faz parte do club tem um lindo  terraço  aberto com vista para o rio seine, ótimo para namorar.

Na reinauguração tem; dj Arnaud Rebotini, indicado ao César da melhor trilha sonora pelo filme 120 battiments par minute, e tambem Rohmi e Modestie verdadeiros mestres djs.

A trinha sonora é super interessante, uma mistura sutil de deep techno,house suave e minimal Léchée.

O club fica no ultimo andar da Cité de la Mode et du design, onde voce pode ter certeza de passar uma deliciosa noite festejando a vida.

Garage

Cité de la Mode et du Design – 75013 – Paris

A partir de 01/03

 

 

A semana da Haute Couture parisiense verão/18

Share

A edição da Haute Couture do verão 2018 em Paris, foi uma semana marcada pela beleza engajada, sutil, exuberante, acompanhada de laços, plumas e cores fortes em combinações insólitas – um grande momento de criatividade. Selecionei algumas imagens de desfiles das marcas que as brasileiras adoram.

VALENTINO – Considerado o mais emocionante dos desfiles desta estação, foi surpreendente e impressionante pela beleza, harmonia das cores em lindos vestidos, capas e mesmo calças (item raríssimo na alta-costura), acessórios com laços e chapéus deslumbrantes, em plumas e penas assinados por Philip Treacy. O clima era de extravagância, meio anos 50. Pierpaolo Piccioli, diretor criativo da marca, foi muito ovacionado ao final do desfile.

 GIVENCHY – Claire Waight Keller, diretora criativa da marca, provou, com esse primeiro desfile de alta-costura, que merece seu lugar entre os grandes de Paris na categoria. Com inspiração em um jardim noturno, ela desfilou lindos vestidos longos, casacos forrados de plumas, e um trabalho primoroso de coloridos em vestidos plissados, tudo muito chique.

CHANEL – Um desfile lindo em um cenário de jardim francês clássico, com fonte e caminhos de areia rodeados de flores, onde mulheres muito elegantes desfilavam seus looks bordados, de tweed, com laços de cetim e acessórios de cabelo floridos e com plumas, tudo para um público ávido de Chanel. Uma brisa de primavera perfumada invadiu a passarela, com vestidos e tailleurs confeccionados com o que há de melhor nos atelliers de costura franceses – tudo assinado por Karl Lagerfeld.

DIOR – O surrealismo e os sonhos de mulheres fortes foram a inspiração de Maria Grazia Chiuri para seu desfile de alta-costura da marca –  como a escritora Leonor Fini. Para completar sua inspiração, o famoso chapeleiro Stephen Jones criou máscaras para compor alguns looks, desfilados em homenagem a Peggy Guggenheim. O resultado ficou lindo, como um jogo de xadrez. Ali, vestidos em organza preto-e-branco, com modelagens precisas e diferenciadas, dando um movimento suave e superelegante aos looks.

GIAMBATTISTA VALLI – O estilista, mais uma vez, confirmou sua paixão por looks harmoniosos, sensuais e românticos, com seu desfile de alta-costura. Vestidos fluidos em cores fortes, decotados, dividiram a passarela com os famosos vestidos de cascata de tule de seda, que, nesta edição, tinham uma cauda bem mais longa, onde foram usados 350 metros de tecido. Fascinante o resultado de toda essa pesquisa e desenvolvimento de um tecido único. Bravo!

ALEXANDRE VAUTHIER – A marca fez um desfile de alta-costura com o que sabe fazer de melhor: tudo bem sexy, com vestidos curtos com laços e volumes em tules, plumas e lindas botas, tudo ultrafeminino. Na plateia, as editoras de moda francesas e internacionais, encantadas com o desfile. Sem dúvida, um grande estilista, e suas coleções ganham novos adeptos a cada coleção. Bella Hadid, sua modelo- fetiche, estava deslumbrante.

 JEAN-PAUL GAUTIER – Os desfiles de alta-costura de Gautier são sempre uma festa. Todos os amigos o prestigiam e o público, sempre eufórico em descobrir as criações do chamado “Enfant Terrible de la Mode”. Nesta edição, ele homenageou o grande Pierre Cardin, com looks coloridíssimos e gráficos, em vestidos, tailleurs com cortes impecáveis, volumes discretos e cores vibrantes. O detalhe das perucas, no clima dos anos 60, ficou bacanérrimo.

AZARRO – Depois de uma longa temporada sem fazer desfiles de alta-costura, a marca francesa, com o seu novo diretor criativo, Maxime Simoens, apresentou um lindo desfile. Maxime apostou no rejuvenescimento da marca, trazendo para a passarela looks com um clima de rock’n roll, muito brilho, vestido curto e um pouco de masculino. A imprensa aprovou seu primeiro desfile.